Ordenar por:

Dúvidas mais frequentes

Se a criança tiver mais idade, uma sugestão é deixá-la participar da decoração do quarto. Assim, ela sentirá o quarto como sendo mais seu e mais aconchegante. A cor das paredes faz parte da decoração do quarto e tem influência sobre as emoções das crianças. Se a ideia é os móveis combinarem com a cor das paredes, sempre é bom comprá-los antes de pintá-las. O quarto de uma criança muito ativa deve ter paredes preferencialmente pintadas com tons mais suaves, para acalmá-la; bem como as paredes do quarto de bebê, já que os tons mais claros os deixam mais cômodos e seguros.Uma criança introvertida e tranquila já dá espaço para cores mais intensas, para estimulá-la. Uma ótima opção, que as crianças maiores sempre adoram, são os móveis com temas infantis. Há os que vêm com desenhos e personagens e outros que assumem a forma dos personagens, como carros, por exemplo.

Caso seja necessário acomodar o bebê em um espaço no quarto dos pais, há algumas dicas que podem ajudar na decoração:

  • Pinte a parede onde ficará a cômoda ou o berço do bebê com uma cor diferente. Assim, diferenciará o cantinho dele do dos pais.
  • Se você preferir, outra opção é pendurar na parede um mural, foto do bebê ou ainda aplicar um adesivo com motivo infantil – que podem depois facilmente ser removidos.
  • Detalhes, como almofadas na cor de outros itens que o bebê já tenha, também ajudam a marcar o espaço do pequeno. Se for possível, componha os móveis com tons semelhantes e acrescente cores com almofadas, cortina, papel de parede e etc.
  • Como em muitos casos a simplicidade cai muito melhor do que muita informação, evite mesclar muitos tons de móveis – uma sugestão é de no máximo duas cores. Sendo assim, se seus móveis são de tons mais escuros,por exemplo, compre móveis claros para o bebê.