Seu Pet

Tipos de coleiras: qual a melhor

Quando adotamos um pet, seja ele um gato ou cachorro, um dos primeiros itens adquiridos é a coleira. Ela ajuda a identificar que o animal tem dono e também é um item essencial na hora de levar o animal para passear. Mas você sabia que existem vários tipos de coleiras? Cada uma delas tem um objetivo diferente e deve ser usada em diferentes ocasiões. Quer saber mais sobre o tema? Então é só continuar lendo!

Coleira plana tradicional

Esse é o modelo mais encontrado nas lojas especializadas e é feito em formato de tira que é colocada ao redor do pescoço do cachorro ou gato. É bastante comum que os tutores usem ela para colocar pingentes de identificação caso o pet se perca. Esses modelos podem ser feitos em diversos materiais e cores, e fica ao dono escolher qual mais combina com seu companheiro. 

Ela também pode ter um espaço para acoplar a guia para passeio, mas só é recomendado para animais mais tranquilos, já que aqueles que gostam de puxar podem acabar se machucando ao utilizar essa coleira durante o passeio. 

Coleira de obediência (enforcador)

Esse tipo de coleira é mais indicado para cachorros e é ideal para animais que estão em adestramento. Ela funciona da seguinte maneira: a coleira fica em volta do pescoço e com a guia acoplada, e quando o pet puxa demais a circunferência da coleira diminui, apertando o seu pescoço. Ao perceber o desconforto, o animal começa a evitar aquele comportamento de puxar durante os passeios. 

Por conta disso ela é um tanto polêmica em meio aos adestradores, onde uma parte apoia o uso e a outra não recomenda. Mas a maioria dos especialistas afirma que se usada corretamente, pode ajudar no comportamento animal, mas seu uso incorreto pode machucar o cão. 

Coleira peitoral

Esse modelo é mais indicado para os gatos e para os cães de menor porte e tem seus pontos positivos e negativos. Por ser presa ao peitoral do cachorro, ela alivia a região do pescoço, evitando eventuais acidentes ou machucados que poderiam acontecer, mas, ao mesmo tempo, pode incentivar o animal a criar o hábito de puxar durante os passeios.

Ela é ainda mais indicada para animais idosos, principalmente aqueles com dificuldade de locomoção, agindo apenas como uma segurança e orientação durante as caminhadas. 

Coleira anti puxão

Essa coleira também é chamada de easy walk e conta com uma faixa peitoral e uma faixa frouxa ao redor do focinho. A grande diferença desse modelo é que o gancho para acoplar a guia fica no peito do cão, e com isso, toda vez que o cachorro tentar puxar a guia, ele vai ser arrastado para o lado e acabar girando para dentro (em sua direção).

É uma coleira bastante confortável e não causa nenhuma dor e com o passar do tempo, ajuda a adestrar os animais, mesmo os mais persistentes. 

Agora que você já conhece todos os tipos de coleiras disponíveis, acesse o site da Lojas Colombo e navegue na nossa categoria Pet para encontrar a opção ideal para o seu companheiro. Se preferir, também pode visitar uma das lojas físicas da Colombo Casa Pet no Rio Grande do Sul.