Ordenar por:

Dúvidas mais frequentes

Todos os pneus possuem um código que indica o seu tamanho, altura, largura, raio da roda, capacidade de carga, velocidade máxima e pressão. É muito importante que você entenda esse código para acertar na escolha de seu pneu. Veja o exemplo: 175/70R14  84T

175 é a largura do pneu em milímetros.

70 significa que a altura da parede do pneu e 70% da largura, então a altura seria 122.5mm

R significa que o pneu é radial 

14 é o diâmetro do Aro do pneu, neste caso 14 polegadas.

Cód. 84 peso máximo recomendado pelo fabricante do pneu

T velocidade máxima recomendada pelo fabricante do pneu

Cód. Kg Cód. Kg Cód. Kg
71 345 82 475 93 650
72 355 83 487 94 670
73 365 84 500 95 690
74 375 85 515 96 710
75 387 86 530 97 730
76 400 87 545 98 750
77 412 88 560 99 775
78 425 89 580 100 800
79 437 90 600    
80 450 91 615    
81 462 92 630    

 

P 150
Q 160
R 170
S 180
T 190
H 210
V 240
 

 

A melhor forma de otimizar o uso dos pneus é fazer um rodízio unidirecional com os mesmos, ou seja, os pneus que estiverem sendo usados na parte dianteira, passam para a traseira e vice-versa. A troca cruzada não é indicada, pois os pneus podem ter desgastes irregulares e isso irá prejudicar na condução do veículo.

É muito importante que os pneus estejam com a calibragem correta, pois um pneu vazio ou muito cheio pode desgastar de forma desigual a borracha.  Por isso, é indicado que o proprietário do veículo verifique periodicamente a pressão dos pneus. Vale ressaltar que cada marca e tipo de carro tem uma sugestão específica de calibragem, então não há um padrão igual para todos os veículos.

Baixa pressão significa que o pneu está com menos ar do que o indicado. Como consequência, há alteração da área de contato do pneu com o solo, o que aumenta o consumo de combustível. Alta pressão é o oposto: há mais ar dentro do pneu do que o indicado. Nesse caso, o pneu - com mais pressão - fica mais propenso a sofrer danos, cortes e impactos.