Seu Pet

Gato idoso: cuidados com o pet

Assim como os humanos, os nossos pets também envelhecem. E cuidar de gatos idosos pode ser um desafio, mas com algumas dicas é possível criar um ambiente acolhedor para o seu velhinho viver o restante de seus dias com muita saúde e bem estar. Quer saber um pouco mais sobre isso? É só continuar lendo!

Quando o gato é considerado idoso?

O gato mais velho do mundo viveu por 38 anos, e com uma média de vida de 15 anos, os gatos podem ser considerados idosos a partir do seu 10º aniversário. A partir dessa fase é importante adequar a sua alimentação e brincadeiras, para que se encaixem melhor na energia do seu companheiro de idade, mas isso não impedirá que ele continue fazendo o que mais gosta.

Comportamento do gato idoso

Com a idade avançada, alguns dos comportamentos do seu companheiro também podem mudar para se adequar à nova capacidade física dele. É bastante comum que os animais mais velhos comecem a comer em menores quantidades do que estavam acostumados, além de ter menos energia para brincadeiras muito intensas, tendendo a ficar mais quietos em seus lugares favoritos, esperando para receber muito carinho. 

Além dos comportamentos citados acima , os velhinhos também podem se tornar mais dorminhocos, começar a miar mais e mais alto para chamar atenção para si e começam a pular menos, já que essa atividade se torna um desafio para as suas articulações. 

Saúde do gato idoso

Não é incomum que com o avanço da idade, o seu gatinho comece a sofrer com algumas doenças. É sempre importante ficar de olho em qualquer comportamento irregular e fazer sempre checkups no veterinário para garantir que a saúde dele está 100%, e caso não estiver, poder ter um diagnóstico rápido e conseguir controlar a doença.

Entre as enfermidades mais comuns nos gatos idosos estão:

  • Perda de apetite;
  • Problemas dentários;
  • Osteoartrite (processo degenerativo, inflamatório e imunológico do sistema articular), causando dor e dificuldade de locomoção;
  • Aumento da micção ou aumento da ingestão de água (sinal de alerta para problemas urinários).

Como cuidar de gatos idosos

Existem alguns cuidados que devem ser essenciais nessa fase da vida do seu amigo. O principal deles é adequar a alimentação para uma especialmente feita para gatos idosos. Isso porque essas rações tendem a ser mais moles, facilitando a mastigação e também contam com mais nutrientes e vitaminas importantes para o bichano mais velho. 

Além disso, é importante deixar a escovação dos pelos em dia, já que muitos não conseguem manter a rotina de limpeza como faziam quando eram mais novos. O ideal é que ele seja rastelado pelo menos uma vez na semana.

E também será necessário adaptar algumas questões para possibilitar que consigam viver plenamente. É interessante colocar caminhas espalhadas pelo chão da casa, já que muitos não tem mais forças para pular na cama ou no sofá e as brincadeiras também tem que ser mais tranquilas, já que eles esgotam as suas energias mais rapidamente. 

Agora que você já conhece tudo sobre os cuidados com gatos idosos, acesse o site da Lojas Colombo para encontrar tudo o que seu companheiro precisa em nosso departamento de Pets, ou vá até uma das unidades da Colombo Pet. Os melhores produtos com as melhores condições de pagamento são com a gente. Acesse e confira!