Seu Pet

Como‌ ‌montar‌ ‌um‌ ‌aquário?‌

Muita gente quer ter um aquário em casa, mas não sabe por onde começar a montá-lo. Por isso, hoje a Lojas Colombo montou um pequeno guia para te ajudar nessa tarefa, para provar ser simples montar um aquário, deixando o ambiente preparado para receber os peixes. Confira!

O que não pode faltar

Para montar um aquário ideal, existem alguns itens que não podem faltar. Eles são:

  • Recipiente do aquário;
  • Filtro;
  • Bomba de oxigênio;
  • Termostato;
  • Termómetro;
  • Luminária.

Escolhendo o tamanho do aquário

De maneira geral, o tamanho do aquário deverá ser escolhido com base nos peixes que você deseja ter. Espécies como os Bettas, Tetra e Tanictis costumam se dar bem em ambientes menores, mas se desejar animais maiores, que gostam de viver com mais indivíduos, a melhor opção é aderir a um aquário maior.

Em ambos os casos, o mais indicado é conversar com um especialista no assunto, como os vendedores da Colombo Pet, que podem orientar melhor quanto ao tamanho necessário de acordo com as espécies desejadas. 

E caso esteja em dúvida de quais espécies podem conviver juntas, nós fizemos um post justamente sobre isso, e você pode ir até lá para conferir e finalmente escolher as que mais gosta. 

menino olhando para o aquário

Posicionamento

A localização do aquário na casa também é um fator importante para ficar de olho, já que isso pode influenciar diretamente na saúde e bem-estar dos seus animais. O ideal é que ele fique localizado em um ambiente onde o sol não bata diretamente e que tenha uma temperatura média constante, sem muitas oscilações. Além disso, é bastante importante que ele fique próximo a uma parede e esteja perto de uma tomada para poder conectar os itens como bomba e filtro. 

Enriquecimentos ambientais

A decoração do aquário, além de ser esteticamente bonita, também é importante para que os peixes sintam que estão em seu habitat, por isso o mais recomendado é o uso de itens naturais. Entre os que não podem faltar estão o substrato, sendo normalmente composto por areia e pedrinhas, e fica localizado no fundo do aquário. Vale lembrar que esse item também mexe com a química do aquário, então prefira elementos neutros, como o quartzo.

Além disso, oferecer espaços para os peixes relaxarem também é importante, mas fique atento para não exagerar na decoração, já que isso pode atrapalhar o nado dos peixes. 

Como preparar a água

A água que sai da nossa torneira conta com vários elementos que permitem que ela se torne propícia para o consumo, como é o caso do cloro. Mas essas substâncias podem ser letais para os peixes, por isso você precisa prestar muita atenção na hora de preparar a água do seu aquário. 

Separe um balde para fazer o tratamento e nunca o use para nenhuma outra atividade na casa. Depois encha ele com água da torneira e faça um teste de leitura química da água. Existem kits que vêm prontos para facilitar ainda mais essa tarefa. Caso esse teste detecte o cloro na água, você precisa aplicar o condicionador anti-cloro no balde. Depois basta fazer o teste novamente para confirmar que tudo tenha sido eliminado. 

como montar um aquário: teste climatização do peixe

Controle de Ph e temperatura

Além de ficar de olho nas substâncias tóxicas para os peixes, outro fator que você precisa ficar de olho é o Ph da água. O PH é o índice que revela se um meio é ácido ou alcalino, e as variações do PH podem prejudicar a qualidade de vida e até ocasionar a morte dos peixes no aquário, já que afeta diretamente os processos metabólicos e fisiológicos desses animais.

Pesquise sobre as espécies que pretende ter antes de ajustar o Ph, já que alguns animais necessitam de valores diferentes. Mas de maneira geral, para peixes de água doce, um Ph entre 6,8 a 7,2 será bem recebido pela maioria das espécies. 

Caso a sua água não esteja com o índice desejado, utilize um tamponador, que deixará o Ph em um valor estável.

No quesito temperatura, o ideal é que ela fique em torno de 25 °C, e nos locais mais frios principalmente durante os meses de inverno, um termostato pode ser uma boa opção para manter o calor indicado para os peixes. 

Adaptando os peixes ao novo ambiente

Para colocar os peixes no seu novo lar não basta somente inseri-los na água. Antes é preciso que eles passem por um processo chamado aclimatização. Durante 15 minutos você vai deixar os peixes nos saquinhos nos quais eles vieram da loja, mas irá mergulhá-los dentro do aquário. Isso permite que a temperatura da sacola fique igual a do aquário. Depois desse período, basta abrir os saquinhos e oficialmente transferi-los para o novo lar. 

Agora é só seguir cuidando dos seus novos companheiros, oferecendo a quantidade de comida certa e também realizando a limpeza de forma adequada. E se precisar de alguma coisa para realizar essas tarefas, é só visitar a categoria Pets do site da Lojas Colombo ou visitar uma de nossas lojas físicas Colombo Pet no Rio Grande do Sul. Lá você encontra tudo para dar uma vida mais divertida e saudável para os seus amigos!