Origens da Semana da Farroupilha | Blog Colombo
Estilo de Vida Gastronomia

Semana Farroupilha: Tradições, História e Gastronomia Gaúcha Origens da Semana da Farroupilha

Origens da Semana da Farroupilha: Tradições, História e Gastronomia Gaúcha

Com a chegada do mês de setembro, para os gaúchos, está na hora de separar a pilcha para usar nas festividades da Semana Farroupilha. Sendo uma comemoração importante e muito característica no estado do Rio Grande do Sul, a celebração marca um grande momento histórico da história do estado. 

Origem da Semana Farroupilha

No dia 20 de setembro de 1835, se deu início a Revolução Farroupilha, uma das revoltas mais famosas do Brasil. Com duração de 10 anos de conflito, a guerra aconteceu pelo descontentamento de líderes e produtores de charque, que acabavam tendo taxações e impostos maiores que dos mesmos produtos importados de outros países, além do conflito político entre o presidente do estado da época e o líder do estado brasileiro. O conflito acabou resultando na separação do estado do RS do restante do país, o que perdurou até a resolução do conflito em março de 1845. 

O nome Farroupilha, vem em referência às vestes guerrilheiros que estavam e lutaram nesta guerra a favor da república Rio-Grandense. Com diversos líderes que são lembrados em cidades, nome de ruas pelo estado além de monumentos e obras artísticas, as comemorações a este evento se iniciam em 13 de setembro e terminam no dia 20 do mesmo mês, utiliza-se esta data para relembrar as tradições gaúchas, com danças e comidas regionais.

 

O que acontece na Semana Farroupilha ?

Durante a Semana Farroupilha, o estado se movimenta com atividades e atrações que honram suas origens, embora com a globalização de culturas, as raízes gaúchas acabam não se perdendo com tanta facilidade, mas especialmente no mês de setembro são revividas as memórias e as tradições. 

Nesta data é possível ver desfiles com cavalaria e pessoas com a veste tradicional, com bombachas, botas, além de vestidos coloridos e peças de couro para complementar a pilcha do gaúcho.

É possível encontrar nos Acampamentos Farroupilhas, lugar onde acontece shows e atrações culturais que remetem a tradição e a origem do estado, além é claro de pratos típicos e danças tradicionais, promovendo a cultura do estado, tanto para quem vive quanto para os visitantes. 

 

Gastronomia Gaúcha Semana Farroupilha

A gastronomia gaúcha é uma parte essencial da Semana Farroupilha. Os pratos típicos do Rio Grande do Sul são uma verdadeira festa para os amantes da comida. O churrasco, conhecido por sua suculência e sabor inigualável, é um destaque, pois tem traços de maestria em churrasqueiras a lenha, resultando em um sabor único e suculento. 

Além disso, o tradicional chimarrão, uma bebida à base de erva-mate, presente entre amigos e família. Enfim, é uma tradição que remonta aos tempos em que os gaúchos cuidavam do gado nas vastas estâncias no Pampa, estado a fora. Além disso, há inúmeras comidas gaúchas que podemos experimentar. O Rio Grande do Sul tem em sua rica tradição culinária alguns pratos típicos, tendo uma mistura de referências italianas e germânicas em seu cardápio.

Churrasco

O churrasco é uma instituição no Rio Grande do Sul e em todo o Brasil, é claro. É uma tradição que remonta aos tempos dos gaúchos, os vaqueiros sulistas que cuidavam do gado. O churrasco gaúcho é conhecido por sua simplicidade e autenticidade. Corta-se a carne, geralmente, em pedaços grandes. Depois é temperada apenas com sal grosso e assada lentamente em espetos sobre brasas de carvão ou lenha. Os cortes mais populares incluem picanha, costela, alcatra e linguiça. O resultado é uma carne suculenta e saborosa, muitas vezes acompanhada de pão, farofa, salada e, é claro, chimarrão.

Arroz Carreteiro

O arroz de carreteiro é um prato robusto e histórico que tem suas raízes na época dos carreteiros, os condutores de cargas que percorriam longas distâncias no interior do Brasil. Este prato é feito com arroz cozido e pedaços de carne seca, normalmente charque, que é previamente dessalgada e cozida. Além disso, há temperos como cebola, alho, pimentão e tomate, criando um arroz bem temperado e saboroso. O arroz de carreteiro é uma verdadeira expressão da culinária gaúcha de subsistência.

Sopa de Capeletti

A sopa de capeletti é uma opção reconfortante para os dias mais frios do inverno gaúcho. O capeletti é uma massa recheada, semelhante a pequenos pastéis, geralmente recheados com carne. Esses capelettis são cozidos em um caldo saboroso, que pode conter legumes como cenoura, batata e couve. Enfim, o resultado é uma sopa quente e reconfortante que aquece os corações e estômagos dos gaúchos nas noites frias.

Polenta

A polenta é uma herança da influência italiana na culinária do Rio Grande do Sul. Surge a partir de farinha de milho cozida, até que se torne uma massa densa e firme. A polenta pode ser cortada em pedaços e frita até ficar dourada e crocante, tendo como acompanhamento para carnes ou como prato principal, coberta com molho de carne ou queijo. Sua versatilidade a torna um elemento apreciado na mesa gaúcha.

Cuca

A cuca é uma sobremesa que também reflete a influência alemã na cultura gaúcha. Ela é uma espécie de bolo ou torta doce que leva uma cobertura de farofa açucarada e pode ter recheio com uma variedade de ingredientes, como frutas (como maçãs), chocolate ou canela. Ela acompanha um bom café ou chá, como uma sobremesa muito gostosa.

Charque à Braga

O charque à Braga é uma iguaria que destaca a tradição gaúcha de preparar a carne de charque, que é carne bovina com sal e seca. Nesse prato, a carne é cuidadosamente dessalgada e cozida lentamente com legumes como batata, cenoura e cebola. Ademais, os temperos realçam os sabores, resultando em um prato rico e saboroso. É uma delícia que homenageia as raízes rurais do Rio Grande do Sul.

Faça a sua Semana Farroupilha com os itens da Lojas Colombo!

Atualmente, a Lojas Colombo possui mais de 300 lojas físicas espalhadas pelos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná e conta com três grandes centros de distribuição, com quatro entrepostos de frota própria. Além disso, a empresa tem abrangência em todo o território nacional pois conta com seu site responsivo, repleto de ofertas exclusivas, com boa navegação e com segurança para suas compras online.

Acompanhe as nossas redes sociais da Lojas Colombo para ficar por dentro das novidades e fique de olho no Blog Colombo, com novidades, novas filiais, dicas e recomendações, sugestões e dúvidas sobre uma infinidade de assuntos. Faça seu pedido pelo nosso ecommerce ou pelos nossos canais de venda online pelo WhatsApp ou pelo nosso Televendas.