Estilo de Vida

Entenda mais sobre o open banking

Você com certeza ouviu muito o termo “Open Banking” nos últimos meses. Foram vários comerciais, e-mails e mensagens das instituições financeiras informando que começariam a atender esse tipo de sistema. Mas você sabe o que é e como funciona o Open Banking? Hoje preparamos um post para tirar todas as suas dúvidas sobre o tema. Confira!

O que é open banking?

O open banking é um modelo de negócios que busca o uso de diversas ferramentas tecnológicas para compartilhar os seus dados bancários, fazendo com que as instituições financeiras possam oferecer os melhores serviços pensando em suas necessidades. 

Para que isso aconteça o cliente precisa autorizar o seu compartilhamento de dados e com isso permite que a contratação desses serviços seja menos burocrática e demorada, como costumam ser em bancos tradicionais. Para que isso aconteça o open banking utiliza as APIs (Application Programming Interface), que  permitem que soluções tecnológicas sejam desenvolvidas para o consumidor com segurança.

E não se preocupe com a possibilidade de vazamento de dados, já que todas as instituições financeiras que aderirem ao sistema têm a responsabilidade de proteger a confidencialidade e sigilo dos seus dados, bem como dos serviços contratados. 

Com tudo isso, o open banking permite, além de possibilidade de contratação de serviços mais personalizados, que o cliente tem mais liberdade para escolher a instituição com os melhores benefícios sem a necessidade de começar o relacionamento do zero, já que ela já terá acesso à todo o seu perfil de gastos, salários, empréstimos e outras informações. 

Principais benefícios do Open Banking

E esse novo modelo de serviço financeiro traz muitos benefícios para os usuários. Confira os principais deles:

  • Simples e fácil: o sistema open banking é bastante simples de fazer parte e também trás muita liberdade para o consumidor escolher a instituição financeira que melhor lhe agradar.
  • Competitividade: com o acesso às suas  informações financeiras, os bancos vão poder oferecer melhores serviços com as melhores taxas, fomentando a competitividade.
  • Segurança: por meio das APIs e do cumprimento das questões de confidencialidade por parte das instituições, é possível minimizar o uso mal-intencionado dessas informações.

Calendário do open banking no Brasil

Aqui no Brasil o open banking vai ser efetivado por partes. Confira o calendário oficial do sistema financeiro abaixo:

  • 15 de fevereiro: Compartilhamento de serviços e transferências entre contas do mesmo banco e TED;
  • 30 de março: Compartilhamento do envio de propostas de operações de crédito a clientes que aderirem ao Open Banking;
  • 31 de maio: Compartilhamento de dados de clientes sobre demais operações financeiras, como câmbio, investimentos, previdência e seguros;
  • 30 de junho: Compartilhamento de serviços de pagamento por boleto;
  • 30 de setembro: Compartilhamento de serviços de débito em conta.

Agora que você já conhece mais sobre o open banking, acesse o Blog Lojas Colombo e encontre vários textos sobre finanças para te ajudar a ter uma vida financeira mais saudável. Acesse e confira!