Entrevista do Mês

01/06/2018

10 mitos e verdades sobre dietas: saiba o que dá resultado na hora de emagrecer

Escrito por:

Miriam Wartha e Vanessa Pedroso

O termo fitness já entrou para o dicionário brasileiro e para a rotina também. Grande parte das pessoas deseja ter um corpo malhado ou perder aqueles quilinhos antes do verão. O problema não está em querer ficar no peso ideal e sim, nas dietas malucas que podem gerar problemas de saúde. Conversamos com a nutricionista Aline F. Cerbaro para descobrir o que é mito e o que é verdade nesse mundo fitness. Confira!

1.    Optar por uma dieta de alimentos veganos e crus emagrece.
VERDADE, porque se você pensar em uma dieta vegana e de crus, a pessoa vai consumir alimentos saudáveis, naturais, limpos e não industrializados. Teoricamente, isso vai ser bem mais saudável e a qualidade do alimento vai ser melhor. Então, ela pode sim ter um nível de emagrecimento. Porém, na nutrição existem várias coisas que precisamos levar em consideração. A quantidade que será consumida é uma delas. Se a pessoa comer um saco de tomates, por mais vegano e cru que o tomate seja, por exemplo, é uma quantia muito grande. É um conjunto de coisas. Além disso, uma alimentação vegana não será necessariamente 100% natural. Existem alimentos industrializados que são caracterizados como veganos.

2.    Seguindo a dieta do ovo por duas semanas, é possível perder até 14 kg.
MITO. O ovo é um alimento natural e saudável e possui vitaminas minerais, mas não o suficiente para substituir uma alimentação completa. Não é aconselhável esse tipo de dieta, pois pode causar deficiências nutricionais, de vitaminas e minerais. É preciso ficar atento a esse tipo de coisa.
 
3.    O suco detox é realmente eficaz para emagrecer.
VERDADE. O suco detox causa a detoxificação no corpo, ou seja, promove a limpeza celular, dos órgãos e do sangue a fim de eliminar as toxinas e impurezas do organismo. Com isso, melhora o funcionamento metabólico e contribui para o emagrecimento. Normalmente, o suco detox é composto por alimentos verdes, como couve, espinafre e salsinha, que auxiliam o processo de alcalinização do sangue. Isso garante a saúde do corpo como um todo, prevenindo o envelhecimento da pele, das células e dos órgãos. O consumo do suco detox é aconselhável, mas com medida e equilíbrio, sem exageros. Ele não é um milagre para emagrecer.

4.    Fazer uma dieta de proteína é o segredo para enxugar a barriga.
VERDADE. Uma alimentação mais rica em proteína favorece a perda de gordura abdominal, porque o excesso de carboidrato pode aumentar a gordura abdominal. Apenas 50% da nossa alimentação deve vir de fontes de carboidratos. Mas é muito fácil comermos bem mais isso. Geralmente, as pessoas consomem 70, 80% da sua alimentação em carboidrato, restando apenas 10% de proteína e 10% de gordura. Esse é o grande problema. A dieta da proteína vem para se colocar na frente desse exagero de carboidrato. Porém, uma dieta com 60% de proteínas pode gerar efeitos colaterais, como aumento de compostos ácidos no sangue, maior frequência de dores de cabeça, cansaço e fadiga. Isso porque o carboidrato é nossa fonte de energia. Não adianta só comer proteína (carnes e ovos) ou carboidrato (pão, biscoitos, frutas, batata doce). Deverá haver um equilíbrio.
 
5.    A dieta cetogênica, além de emagrecer, é eficaz no tratamento do câncer.
MITO. A dieta cetogência nada mais é que a dieta da proteína. Como vimos, o excesso de proteína pode gerar o aumento de compostos ácidos no sangue. Um ambiente ácido é mais propenso a mutações genéticas, ou seja, ao câncer. Ter uma alimentação equilibrada e saudável é que vai prevenir doenças.
 
6.    Tomar água emagrece.
VERDADE. Ter o hábito básico de tomar água ajuda o corpo a entrar em equilíbrio. Mas não é só isso. Não basta tomar água e comer xis, pizza, polenta frita ou chocolate. Não podemos responsabilizar um alimento pelo ganho de peso ou pelo emagrecimento. Nenhum alimento tem o poder de fazer engordar ou emagrecer sozinho.

7.    O jejum intermitente dá resultado, mas não é recomendado a todas as pessoas.
VERDADE. Há diversos estudos mostrando o potencial do jejum intermitente para ser uma técnica que promove a saúde, não só ligado ao emagrecimento, mas até para promover a melhora da imunidade, por exemplo. Termos uma restrição calórica ajuda a tornar a nossa célula mais forte e resistente. Mas não é recomendado para todos, pois ele preconiza que a pessoa já possua um bom condicionamento físico. O ideal é para pessoas que treinam quase todos os dias, três ou quatro vezes na semana, por pelo menos 5 anos. Assim, o corpo já entende o que está acontecendo e sabe que deve preservar a massa magra. Pode ser feito uma ou duas vezes por semana e necessita de acompanhamento nutricional. Nesse caso, o jejum intermitente oferece um bom resultado para a saúde como um todo.
 
8.    A dieta da lua pode oferecer riscos para a saúde.
VERDADE. Essa dieta sugere consumir apenas líquidos e isso é bem preocupante, pois quando falamos em alimentação líquida, as pessoas só lembram de chás, deixando de fora até o suco. Isso não possui nenhuma qualidade nutricional. É puro sensacionalismo. Vai gerar uma deficiência de vitaminas e minerais, sem contar a questão de compulsão alimentar.
 
9.    Colocar cubos de gelo na boca gera a sensação de saciedade, e consequentemente, o emagrecimento.
MITO. O que gera a saciedade é a mastigação. Isso não significa que mastigar gelo leve ao emagrecimento. É o mesmo de mastigarmos um chiclete para nos entretermos e apenas desviarmos a fome, o que não é saudável.
 
10.     Mastigar devagar auxilia a emagrecer, já que você vai sentir saciedade e não irá repetir o prato.
VERDADE. O estímulo da mastigação libera alguns hormônios que vão promover a saciedade. É muito importante mastigar devagar e engolir apenas quando a comida estiver uma papinha. Isso vai trazer uma sensação de saciedade real e a pessoa vai comer menos. Além disso, mastigar bem facilita a digestão, o trânsito intestinal, diminui gases, sensação de peso e estufamento.
 

SUGESTÕES DA ESPECIALISTA
 

Para uma vida saudável, é indispensável ainda, a prática de exercícios físicos. A nutricionista aconselha manter o corpo sempre ativo e informa que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde é fazer pelo menos meia hora de atividade física por dia.                                              

Assinar newsletter

Receba as melhores ofertas e as últimas do blog.

Está é a imagem de uma seta voltada para cima, funciona como um botão e aparece somente ao final da página, clicando nela volta ao topo da página

Comentários

Mostrar Comentários