Escolher o Guarda-Roupa Ideal: dicas essenciais | Blog Colombo
Casa e Decoração

Dicas para Escolher o Guarda-Roupa Ideal

Um guarda roupa espaçoso, que complementa bem o ambiente do quarto. Escolher o Guarda-Roupa.

Escolher o guarda-roupa ideal é fundamental para manter seu quarto organizado e funcional. Neste guia, compartilhamos dicas importantes para auxiliá-lo na escolha do melhor guarda-roupa para suas necessidades. Desde o aproveitamento do espaço até o design e materiais, nós encontraremos o roupeiro perfeito para você.

Com efeito, lembre-se que o ambiente também fica mais aconchegante baseado nas escolhas para uma decoração. Quando o assunto é quarto, o guarda-roupa tem o lugar garantido. Dessa forma é indispensável seguir boas dicas para escolher o móvel. Enfim, listamos tudo que você precisa avaliar na hora de escolher o móvel ideal pra colocar no seu quarto!

1. Medidas

A primeira coisa a se fazer é medir o espaço reservado para o móvel. Utilize uma trena para fazer a medição de largura x comprimento x altura. Também é necessário levar em consideração a quantidade de roupa. Analise quantas roupas você tem e a quantidade de pessoas que irão utilizar. Não adianta comprar algo pequeno para ganhar espaço no quarto e suas roupas ficarem amontoadas dentro dele.

Uma boa opção é escolher móveis funcionais com amplo espaço interno, gavetas e cabideiros. Se o espaço for pequeno, opte por armários com portas de correr. Se for um móvel para o casal, geralmente as mulheres precisam de mais espaço. Seja um guarda-roupa casal ou guarda-roupa solteiro, a melhor opção é sempre fazer a medição correta do ambiente e do móvel!

2. Modelos

De fato, escolher um modelo pode não ser tão simples devido a diversidades existentes no mercado. Os guarda-roupas de duas portas são bastante compactos e individuais. Já os guarda-roupas de quatro portas são ótimos para quem não precisa guardar nada além das roupas e dispensam lugares para acessórios e roupas de cama. Os maiores são de 8 portas, ideais para casais. Uma observação importante é prestar atenção no espaço necessário de abertura das portas. O recomendado é deixar 60 cm livres à frente do móvel.

Exemplo de um modelo de Guarda-Roupa. Escolher o Guarda-Roupa. Equipe Lojas Colombo.

3. Espaço Interno

Analise bem a parte interna da sua residência. Já existem modelos com espaços bem democráticos e diferenciados. Um bom exemplo, é o Roupeiro Kappesberg de 6 portas, com destaque para os calceiros de um lado, ideal para os homens, e do outro lado, espaço para vestidos, que agrada bastante às mulheres. Nichos também são ideais para organização do guarda-roupa, pois além de serem ótimos para peças de linha, também comportam bolsas, caixas e acessórios. Caso não possua uma cômoda, não deixe de considerar os modelos com gavetas internas para guardar suas roupas íntimas, lenços, meias e acessórios.

Exemplo do espaço interno de um Guarda-Roupa. Escolher o Guarda-Roupa.

4. Organização

Outro fator a ser levado em conta na hora de escolher seu guarda-roupa é a organização, e isto pode ser bastante influenciado pelo desenho do móvel.  Alguns modelos também contam com sapateiras e maleiros para otimizar a organização do ambiente.  Os modelos com espelhos na porta, além da funcionalidade, também auxiliam na sensação de amplitude do espaço, truque muito usado por profissionais de decoração, para quem mora em apartamentos pequenos, por exemplo.

5. Material

É muito importante também escolher um móvel de qualidade, para que tenha uma boa durabilidade e compense o investimento. Há diversas opções de materiais e acabamentos. Os melhores materiais para guarda-roupas. Os  mais utilizados na fabricação de móveis em geral, são o MDF e o MDP, feitos a partir de madeiras de reflorestamento e resina sintética, que conferem um bom desempenho e ainda contam com tratamento anti-fungo.

Os materiais de um Guarda-Roupa podem variar. Escolher o Guarda-Roupa.

6. Durabilidade

A durabilidade de um móvel também é importante, principalmente se você pensa em não comprar outro pelos próximos cinco anos, pelo menos. O melhor material para guarda-roupa que prioriza essa característica é os modelos em MDF. O item é um painel de fibra composto por vários tipos de fibra de madeira prensada, que garante mais durabilidade e resistência ao roupeiro. O Guarda-roupa casal Royale, por exemplo, é feito 100% em MDF e com acabamento com pintura de Poliéster que confere alta resistência, maior proteção e durabilidade ao móvel.

7. Resistência

Assim como a durabilidade, a resistência da peça também é algo importante para se atentar na hora de escolher o modelo ideal. Composto por painel de partículas ao invés de fibra, o MDP é bastante utilizado nas partes internas dos guarda-roupas. Isto porque, enquanto o MDF garante a durabilidade das partes externas, o MDP complementa com a sustentação interna graças a sua resistência à atração de pesos. A combinação dos dois materiais potencializa o resultado, colocando-os como melhores e mais usados materiais para guarda-roupas no mercado.

A resistência de um Guarda-Roupa é determinante para escolher ou não; Escolher o Guarda-Roupa.

8. Madeira Maciça

Investir em móveis de matéria-prima nobre pode ser uma ótima decisão, principalmente se você preza por maior qualidade, resistência e durabilidade por serem resistentes a mais atritos e danos em geral. Considerada um dos melhores materiais para guarda-roupa, por se tratar da madeira pura utilizada no corte, é utilizada em vários tipos de móveis e muito usada na fabricação de guarda-roupas.

Tipos de Guarda-Roupa

A seguir vamos conhecer alguns tipos de Guarda-Roupa existentes. Talvez um modelo que apareça combine com o seu estilo, seu ambiente e o espaço que você tem disponível:

Guarda-Roupa de Casal Tradicional

Modelo de Roupeiro casal com duas portas e divisões internas para casais que compartilham o mesmo espaço.

Guarda-Roupa embutido

Integrado diretamente na estrutura do quarto, maximizando o espaço disponível.

Guarda-Roupa planejado:

Personalizado de acordo com as necessidades do usuário, oferecendo opções como prateleiras, gavetas e nichos.

Guarda-Roupa de Canto:

Projetado para otimizar o espaço em quartos menores, encaixando-se perfeitamente nos cantos.

Guarda-Roupa Com Espelho:

Apresenta portas com espelhos, proporcionando uma solução prática para se vestir.

Guarda-Roupa de Portas de Correr:

Economiza espaço, já que as portas deslizam lateralmente em vez de abrir para fora.

Guarda-Roupa Modular:

Composto por módulos independentes que podem ser rearranjados conforme necessário.

Guarda-Roupa Infantil:

Projetado para atender às necessidades de armazenamento de roupas e brinquedos de crianças.

Guarda-Roupa Vintage:

Inspirado em estilos de décadas passadas, com características retro e design clássico.

Guarda-Roupa Com Iluminação LED:

Equipado com luzes LED embutidas para iluminar o interior e dar um toque moderno.

Guarda-Roupa Com Gavetas Embaixo da Cama:

Uma solução inteligente para economizar espaço, integrando o armazenamento sob a cama.

Guarda-Roupa Aberto (Closet):

Sem portas, oferece fácil acesso às roupas e permite exibir a coleção.

Guarda-Roupa Com Prateleiras Abertas:

Mistura de áreas abertas e fechadas para exibir itens decorativos e organizar roupas.

Guarda-Roupa Com Portas de Vidro:

Adiciona um toque elegante, permitindo que se veja parte do conteúdo.

Guarda-Roupa Minimalista:

Design simples, com linhas clean e poucos detalhes ornamentais.

Avalie o Espaço Disponível e Necessidades de Armazenamento

Na hora de escolher o guarda-roupa, fique atento ao espaço disponível no ambiente e avalie ainda as suas necessidades de armazenamento. Se o quarto for pequeno, um guarda-roupa com portas de correr pode ser uma boa opção, visto que economiza um bom espaço. Agora se o quarto for grande, não há necessidade de otimizar o espaço com portas de correr e, nesse aspecto, portas de abrir podem ser mais adequadas.

Ademais, verifique a funcionalidade do guarda-roupa, quantidade de roupas e objetos que precisa guardar. Por exemplo, se você tem muitas roupas, o ideal é um móvel com muitos cabideiros. Já se tem muitos sapatos, escolha um modelo com bastante prateleiras.

Guarda-Roupa Sob Medida: Uma Opção Personalizada

Caso as opções já prontas não tenham te agradado, você pode montar um guarda-roupa sob medida, totalmente personalizado para atender às suas necessidades. Apenas tenha em mente que o preço deste produto será bem mais caro.

Em contrapartida há ainda o guarda-roupa modulado, que é de partes pré-fabricadas, tendo a possibilidade de combinar facilmente com tudo para suprir as coisas que você precisa. A vantagem é que essa opção traz tantos resultados como adquirir um móvel sob medida.

Para decidir entre guarda-roupa planejado ou modulado, sempre avalie cuidadosamente suas necessidades e preferências. Não se esqueça de adquirir um modelo com qualidade e durabilidade para garantir sua satisfação a longo prazo.

Escolha do Material: Durabilidade e Estilo

Quando o assunto é material do guarda-roupa, podemos elencar três principais materiais: MDF, MDP e madeira maciça. O MDF é leve, maleável, tem boa durabilidade e resistência, ideal para acabamentos e todos os tipos de revestimentos. Ele também absorve a umidade com mais facilidade.

Já o MDP suporta mais peso que o MDF. O lado negativo é que é pouco maleável, sendo aplicado em estruturas internas e também em prateleiras. Por último, é leve mesmo com uma estrutura mais firme. Por outro lado, a madeira maciça contém qualidade superior, resistência e durabilidade. Além disso, aguenta mais atritos e danos em geral, mas tem dificuldade de transporte e praticidade e é menos maleável.

Organização Interna: Prateleiras e Gavetas para Guarda-Roupa

Por fim, depois de pensar nos materiais do móvel e de escolher o Guarda-Roupa, chegou o momento da organização interna. A dica aqui é, por exemplo, organizar uma boa parte das roupas em cabides, se o guarda-roupa for grande. Caso não seja possível, dívida e coloque um pouco em cada cabide e a outra parte em prateleiras dobradas.

Além disso, você precisa saber como arrumar sapatos e tênis. Nesse caso, caixas de acrílico transparentes podem ajudar a manter a organização, além de serem fáceis para a identificação dos pares. Se tiver muitas coisas para guardar, invista em um com muitas gavetas, pois vai precisar. Porém, se você não tiver muitas coisas, o espaço excessivo das gavetas não é necessário.

Agora ficou bem mais fácil, não é? Se você gostou das minhas sugestões ou quer ver outros modelos acesse a seção de guarda-roupas para escolher o guarda-roupa ideal! Se precisar de outras dicas de como escolher o melhor guarda-roupa infantil, clique aqui e confira!