Casa e Decoração

02/12/2018

Dicas para decorar a mesa na Ceia de Natal

Escrito por:

Vanessa Pedroso Gomes

Noite Feliz! Noite Feliz! 🎵🎶 Esta tradicional música e tantas outras atrações indicam que a festa de Natal se aproxima, o que torna o mês de dezembro um verdadeiro ritual de compartilhar boas novas, demonstrar afeto e estar com quem você ama. O dia 25 de dezembro mexe com o imaginário e a expectativa da maioria das pessoas, tornando a data cheia de significados. Para as crianças, a empolgação é pelos presentes que serão encontrados embaixo da árvore repleta de enfeites e pelo desejo de ver o bom velhinho.

Já para os adultos, o entusiasmo é pela oportunidade de reunir toda a família em volta da mesa para celebrar. Mas independente da idade, uma coisa é certa: não há quem resista a uma boa ceia natalina, posta sobre uma decoração preparada com ternura e delicadeza.

Alguns pratos se tornaram tradicionais para a data, conquistando o paladar de famílias de diferentes localidades. No Brasil, entre as principais receitas constam: a carne de Peru, arroz com passas, rabanada, bacalhau, leitão com farofa, leitão assado, mix de saladas e também de frutas secas e em calda. E se há quem deteste as passas no arroz, é bom estar preparado para encontrá-las também na sobremesa, pois o panetone está na lista das delícias veteranas do Natal. Mas para quem não curte o pão cheio de frutinhas, foi criada uma coisa mágica chamada chocotone 😋. Então, você pode escolher.

Para fazer jus ao cardápio, é preciso caprichar na hora de decorar a mesa. As cores da toalha e dos guardanapos, bem como, todo o jogo de aparelho de jantar, precisam ornar e se alinhar ao restante dos enfeites da casa. Comece pela toalha. Explore os tons de vermelho e o sucesso será garantido, pois a cor está sempre presente nas ceias e em boa parte dos itens decorativos. Para os religiosos, ela representa o sangue do principal aniversariante da data, o menino Jesus, e ainda o fogo e a caridade. De maneira geral, representa o amor e a alegria. Bem propício, né?



Mas não precisa deixar tudo vermelho para demonstrar o tamanho do seu espírito natalino. Você pode combinar a cor com itens em verde, dourado ou branco, por exemplo. O verde faz alusão aos pinheiros que os antigos utilizavam para enfeitar as casas no inverno, e também simboliza a esperança que a data traz. Experimente colocar taças em tom esverdeado, pinhas e velas. Vai ficar lindo!



O dourado é riqueza e luz, cor que se destaca por representar também a generosidade. Talvez seja por isso a tendência do tom em embalagens de presentes. À mesa, uma boa pedida é dar espaço para a cor nos laços, detalhes da toalha e ainda em castiçais.

E o branco simboliza a paz, pureza e inocência. Para os católicos, significa também a luz da vinda do Espírito Santo. Esta cor pode ser facilmente introduzida na decoração. Para dar um toque de suavidade, compre ou resgate seus pratos brancos do armário e use guardanapos brancos também.



Agora você já pode se preparar para receber seus familiares e amigos. Mas lembre-se que, independente de a decoração ser simples ou sofisticada, o que mais importa no Natal é estar rodeado de pessoas queridas e partilhar amor e prosperidade, além de saborear as delícias que a data oferece, é claro. Bom apetite e tim-tim! Brinde e aproveite a magia do Natal. Desperte a alegria que vive em você. Afinal, a felicidade é a gente que faz! 

Assinar newsletter

Receba as melhores ofertas e as últimas do blog.

Está é a imagem de uma seta voltada para cima, funciona como um botão e aparece somente ao final da página, clicando nela volta ao topo da página

Comentários

Mostrar Comentários